Brasil

Brasil
Brasil

14 de fev de 2009

Mais um acidente aéreo deixa EUA em choque


Foi o segundo desde janeiro no mesmo estado de Nova York. Avião da continental airlines fazia um vôo doméstico e caiu em cima de uma casa. Ao todo, 48 pessoas morreram.
Tamanho da letra

Mais um acidente aéreo choca os Estados Unidos. É o segundo só este mês no estado de Nova York. Desta vez, a tragédia não foi evitada. Ninguém sobreviveu.

Acompanhe o caso no G1
Ao todo, 48 pessoas morreram. Elas não tiveram a mesma sorte daqueles 155 passageiros e tripulantes do avião que fez um pouso de emergência no Rio Hudson, ao dia 15 de janeiro. O voo 3407 da Continental Airlines saiu de Newark, no estado da Nova Jersey, em direção ao Aeroporto Internacional de Buffalo, no estado de Nova York. Pouco antes do pouso, por volta da 1h20 (horário de Brasília), o avião caiu sobre uma área residencial. Estava a 16 quilômetros do destino. Uma casa foi atingida e pegou fogo. Uma pessoa que passava pelo local morreu na hora. No momento da queda, havia neve, neblina e vento forte. O avião era um modelo da fabricante canadense Bombardier. É uma aeronave com capacidade para 74 passageiros. A tragédia, claro, é destaque hoje nos jornais americanos.

Foi divulgada uma gravação com a tentativa de contato da torre de controle com o avião. Os controladores chamam o tempo todo, repetidamente, o vôo 3470 da Continental Airlines. Um deles diz que não há resposta e avisa: “Há uma situação de emergência aqui”. As autoridades já começaram a investigação, mas adiantaram que, por ser um trecho curto, o avião estava com o tanque cheio de combustível. Isso explica o enorme incêndio que arrasou toda a área residencial.
Fonte: Jornal Bom Dia Brasil,RG

Nenhum comentário: